COMO FAZER UM INTERCÂMBIO

Depois de apenas 1 semana em Londres – com gosto de “quero mais” – posso afirmar que o intercâmbio foi uma das melhores experiências da minha vida! Conheci pessoas novas, turistei muito pela cidade e, claro, aprendi e evolui no inglês como nunca imaginei que fosse capaz.

Se você também quer ter essa experiência, mas não sabe por onde começar a organizar seu intercâmbio, aqui vão uma série de dicas para te ajudar:

A AGÊNCIA

Ter uma agência de intercâmbio cuidando de tudo para você vai facilitar todo o processo e ainda te dá a tranquilidade de ter um suporte disponível para os momentos em que você precisar. A minha agência é a World Study Caxias do Sul e eles cuidam disso tudo aqui:

  • Escola
  • Acomodação
  • Visto
  • Seguro Saúde
  • Visa Travel Money

A escola vai depender da cidade que você escolher. Em Londres, eu estudei na Stafford House e a experiência foi maravilhosa! Quanto a acomodação, você pode escolher entre casa de família, residência de estudantes, hostel e apartamento. Normalmente, a opção casa de família é a mais em conta e eu indico muito, pois além de descobrir como é a rotina das pessoas de um novo país, você ainda tem a oportunidade de praticar a língua que está aprendendo. Nesse vídeo você vê um tour pelo quarto em que fiquei na casa de uma família muito legal e também pode conferir como é uma residência de estudantes.

O visto é importante e essencial determinados países, já o seguro saúde é obrigatório se você quiser viajar. O Visa Travel Money é um cartão de débito que você pode utilizar no exterior. Além disso, a agência também pode cuidar da sua passagem aérea. Veja aqui os tipos de intercâmbio que você pode fazer!

Diferenciais World Study Caxias do Sul: suporte pelo whatsapp, intercâmbio em mais de 40 países, já ganhou prêmio de melhor agência de intercâmbio do Brasil, mais de 25 anos no mercado, aconselhamento pré-intercâmbio (te ajudam a escolher a melhor cidade, acomodação, tipo de intercâmbio) e por aí vai.

A ESCOLA

Como já falei, a escola que você vai ficar depende da cidade que escolher. Na Stafford House London, você faz um teste de fala (uma conversa simples de 5 minutos com um professor) e um outro com 80 questões de gramática e interpretação; com os resultados a escola determina qual seu nível de inglês e em qual turma deve ficar (beginner, elementary, pre-intermediate, intermediate, upper intermediate, advanced e proficient). Além de aprender inglês básico, gramática, escrita e tudo mais, você também pode escolher um curso focado em business e provas de inglês (IELTS, por exemplo).

As turmas têm, no máximo, 14 alunos, o que é ótimo e facilita o aprendizado, pois o professor consegue dar atenção personalizada a cada aluno. O ambiente é acolhedor, tudo muito organizado, as salas têm ótima infra-estrutura, o prédio principal tem refeitório (onde você pode fazer seus almoços em um buffet que custa 4 libras) e lounge para alunos (um espaço mais reservado para relaxar, ler um livro, assistir tv ou ficar no computador).

Encontrei lá pessoas de todas as idades e lugares do mundo – principalmente Brasil!. A idade mínima é 15/16 anos e a máxima não existe.. faça intercâmbio quando você quiser! Veja aqui o vídeo sobre a escola e sobre meu primeiro dia de aula.

A ACOMODAÇÃO

Como já citei, quanto a acomodação você pode escolher entre casa de família, residência de estudantes, hostel e apartamento. Eu fiquei em casa de família e minha estadia lá me dava direito a café da manhã, mas você pode ter direito a almoço e janta também, tudo depende do seu pacote. Quando você está em uma casa assim, é preciso que converse com os donos para entender os horários deles e as regras, também aproveite para perguntar se pode utilizar a cozinha, se pode tomar mais de um banho por dia (em Londres eles tomam somente um banho por dia, sabia?) e por aí vai. Nesse vídeo você vê um tour pelo quarto em que fiquei na casa de uma família muito legal e também pode conferir como é uma residência de estudantes.

  • Se escolher ficar em uma casa de família, você vai responder um simples questionário para que a escola possa entender qual é o tipo de família perfeito para você;
  • Se escolher ficar em uma casa de família, você deverá entrar em contato (por e-mail ou telefone) uns dias antes para confirmar que está tudo certo e informar seu horário de chegada (e aqui é a oportunidade de você avisar que não é muito bom no inglês e que a comunicação pode ser meio difícil nos primeiros dias).

O SEU NÍVEL DE INGLÊS (OU QUALQUER OUTRA LÍNGUA)

Não, você não precisa ser fluente em inglês para estudar em um país de língua inglesa, afinal, você está indo lá para aprender, não é mesmo? Fale com a agência sobre suas inseguranças e eles vão te ajudar. No mais, o Google Tradutor está aí pra salvar a gente nos momentos de desespero até que você aprenda a se comunicar.

QUANTO CUSTA FAZER UM INTERCÂMBIO

O valor do seu intercâmbio vai depender da cidade, da moeda (e da cotação), da acomodação, da escola, da passagem aérea, do período que você vai ficar e por aí vai. A World Study Caxias do Sul fez um post super completo falando sobre valores (veja aqui) e eu vou citar alguns exemplos:

  • 4 semanas no Canadá – Curso de inglês + 4 semanas de acomodação em casa de família com café da manhã e jantar – R$ 4.700,00
  • 4 semanas na Inglaterra – Curso de inglês + 4 semanas de acomodação em casa de família com café da manhã e jantar – R$ 5.500,00
  • 4 semanas em Malta – Curso de inglês + 4 semanas de acomodação em residência de estudante – R$ 5.100,00
  • 2 semanas em NY – Curso de inglês + 2 semanas de acomodação em casa de família com café da manhã e jantar – R$ 5.500,00
  • 4 semanas de Espanhol em Buenos Aires – Curso de inglês + 4 semanas de acomodação em casa de família com café da manhã e jantar – R$ 4.000,00

Fiz uma playlist no meu canal do youtube com todos os vídeos do intercâmbio:

Se você tem a oportunidade de fazer um intercâmbio, por menor que seja, faça. Vai ser uma experiência única de autoconhecimento, novas amizades, aventuras, maturidade, aprendizado..

Para fazer seu intercâmbio com a agência World Study Caxias do Sul você não precisa morar no Rio Grande do Sul, sabia? Dá pra fazer tudo por e-mail e telefone, então confere todos os contatos deles aqui (e lembra de avisar que foi indicada por mim, tá?) ou preenche esse formulário que eles vão entrar em contato com você!

Antes de ir embora, confere os posts que eu fiz enquanto estava em Londres: meu primeiro dia e como se virar sozinha em outro país. Tentei ao máximo dar todas as informações aqui, mas se você ainda ficou com alguma dúvida, escreve aqui nos comentários que eu vou te ajudar, combinado?

BEIJO

2 Comentários

  1. Bianca Lange
    19/04/2017 / 13:24

    Amei!! Continue fazendo post de como é estar morando fora do Brasil! Estou gostando muito, pois pretendo ir logo pra fora! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *